Comissão UE doa mais 4,9 bi de euros para desenvolver vacina

EUA também anunciaram doação de US$ 545 milhões

Busca por uma vacina contra o coronavírus envolve países do mundo todo
Busca por uma vacina contra o coronavírus envolve países do mundo todo (foto: ANSA)
12:22, 27 JunBRUXELAS ZGT

(ANSA) - A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, anunciou uma nova doação de 4,9 bilhões de euros para o acesso universal às vacinas, testes e tratamentos contra o novo coronavírus (Sars-CoV-2).

No anúncio deste sábado (27), von der Leyen explicou o dinheiro veio do Team Europe com o Banco Europeu para Desenvolvimento.

"Colocaremos fim à essa pandemia só quando ela terminar em todos os lugares. Isso significa que cada pessoa no mundo deverá ter acesso a testes, a tratamentos e a vacinas independentemente de onde vivem. Por isso, precisamos investir no desenvolvimento e produção de vacinas em uma velocidade sem precedentes", ressaltou a líder europeia.

O presidente da França, Emmanuel Macron, também se manifestou sobre o tema e disse que "hoje começa uma nova etapa" sobre o tema. "Precisamos nos unir, amplificar os nossos esforços para que as vacinas e os tratamentos e os nossos sistemas sanitários nos protejam de maneira rápida e melhor perante à Covid", destacou.

Mesmo fora da União Europeia, o Reino Unido também faz parte do Team Europe e seu premier, Boris Johnson, afirmou que "se e quando a vacina for encontrada, e quem quer que seja que a encontre, os líderes mundiais têm o dever moral de fazer isso de maneira que ela esteja disponível para todos".

Também neste sábado, os Estados Unidos anunciaram uma doação de US$ 545 milhões para o fundo para combater a atual pandemia e também para prevenir futuras crises sanitárias do tipo.

"Como sempre perante aos desafios globais, os norte-americanos estão presentes e têm sempre o papel de líderes. Juntos poderemos trabalhar de maneira transparente para construir um mundo mais resiliente e mais sadio", disse a embaixadora do país na Organização das Nações Unidas, Kelly Craft. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA