Estados Unidos atingem marca de 4 milhões de casos de Covid-19

País lidera ranking mundial com mais vítimas e pessoas infectada

País lidera ranking mundial com mais vítimas e pessoas infectada
País lidera ranking mundial com mais vítimas e pessoas infectada (foto: EPA)
19:03, 23 JulSAN PAULO ZCC

(ANSA) - Os Estados Unidos atingiram a marca de 4 milhões de pessoas infectadas pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2), segundo levantamento feito pela universidade Johns Hopkins nesta quinta-feira (23).

O país é o mais atingido pela doença e passou de 3 milhões a 4 milhões de casos confirmados em apenas 15 dias, conforme informações da aceleração no local. 

Do primeiro caso de coronavírus, em 21 de janeiro, à confirmação de 1 milhão de contágios, em 28 de abril, passaram-se três meses.

De acordo com os dados, a Covid-19 já provocou a morte de 143.820 cidadãos em todo o território norte-americano. O estado de Nova York lidera o ranking com mais vítimas, 32.594. Nos últimos dias, no entanto, Flórida, Texas e Califórnia viram o número de novos casos explodirem.

A marca de 4 milhões é batida no momento em que o presidente Donald Trump mudou sua postura e começou a defender o uso de máscaras em público e o distanciamento social como formas de prevenir a propagação do vírus.

América Latina -

Hoje (23), a América Latina e Caribe superaram também os quatro milhões de casos de Covid-19 e registraram mais de 170 mil mortes, de acordo com dados contabilizados pela ANSA referente a 35 países e territórios.

Segundo a contagem, a região tem 4.042.617 pessoas infectadas, sendo que a metade foi diagnosticada no Brasil, país mais afetado na América Latina. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA