China aprova primeira patente de vacina contra coronavírus

Candidata está na terceira fase de estudos clínicos

Vacina chinesa está na terceira fase de estudos clínicos
Vacina chinesa está na terceira fase de estudos clínicos (foto: AFP)
10:04, 17 AgoPEQUIM ZLR

(ANSA) - A China aprovou a primeira patente de uma vacina contra o coronavírus Sars-CoV-2.

A candidata Ad5-nCoV foi desenvolvida pela empresa de biotecnologia CanSino Biologics, em parceria com a Academia de Ciências Militares do país, e já passou pelas duas primeiras fases de estudos clínicos, que comprovaram sua segurança e a capacidade de estimular a produção de anticorpos.

A terceira etapa, que avalia a eficácia da imunização, começou em junho e deve durar até um ano. A vacina usa um adenovírus - causador do resfriado - atenuado para levar o gene que codifica a proteína spike, a qual é utilizada pelo Sars-CoV-2 para atacar células humanas.

Concedida em 11 de agosto, a patente foi anunciada nesta segunda-feira (17) pela Administração Nacional de Propriedade Intelectual e abre caminho para uma eventual produção em massa caso a terceira fase de testes em humanos apresente resultados positivos.

A vacina da CanSino também está sendo testada no Canadá, e há negociações para levá-la a outros países, como Arábia Saudita, Brasil, Chile e Rússia, segundo a empresa. (ANSA) 

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA