Coreia do Norte publica fotos de Kim Jong-un em reunião

Imagens surgem em meio a especulações sobre estado de saúde

Kim Jong-un liderou reunião com Partido dos Trabalhadores da Coreia do Norte (foto: AFP PHOTO/KCNA VIA KNS)
09:30, 26 AgoPEQUIM ZGT

(ANSA) - Em meio a novas especulações sobre o estado de saúde de Kim Jong-un, a Coreia do Norte divulgou imagens de seu líder nesta quarta-feira (26) presidindo uma reunião com membros do seu partido para discutir o combate ao novo coronavírus e o enfrentamento da passagem do tufão Bavi pelo país.

Segundo a agência de notícias oficial KCNA, o encontro ocorreu nesta terça-feira (25) e focou em um debate sobre "as lacunas dos trabalhos antipandêmicos sobre o vírus maligno".

Recentemente, a cidade de Kaesong foi colocada em lockdown, mas não há informações de quantos casos de Covid-19 existem no país.

Além disso, a reunião pontuou as medidas de emergência "para prevenir danos a prédios ou vítimas" do fenômeno natural que deve atingir o território norte-coreano ainda nesta semana. Kim Jong-un disse ter orgulho por "proteger os setores da economia nacional ao tomar medidas imediatas para evitar os danos do tufão".

As fotos divulgadas pelo "Rodong Sinmun", o jornal oficial do Partido dos Trabalhadores, mostrou Kim em sua tradicional veste branca - que foi usada em outro evento, supostamente, na última semana - e com um cigarro colocado ao seu lado na mesa.

Recentemente, a mídia da Coreia do Sul voltou a falar sobre as questões de saúde de Kim Jong-un, com algumas fontes dizendo que ele poderia "estar em coma" em um hospital. A mais recorrente delas é a de que o ditador de Pyongyang estaria sofrendo de "estresse agudo" e, por isso, estaria delegando funções para sua irmã, Kim Yo Jong.

Conforme uma entrevista do ministro da Defesa de Seul, Jeong Kyeong-doo, ela seria a "primeira vice-diretora do Comitê Central", uma espécie de entidade-chave do Partido dos Trabalhadores que lida com assuntos internacionais, como as negociações de paz com o Sul e sobre a desnuclearização com os Estados Unidos.

Entre os meses de abril e maio deste ano, tanto Washington como Seul levantaram suspeitas sobre a saúde do ditador norte-coreano, que teria passado por cirurgia ou que estaria à beira da morte. A comunicação oficial de Pyongyang negou a informação e divulgou imagens de Kim Jong-un em visita a fábricas. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA