Nathan Law, ativista em Hong Kong, pede refúgio no Reino Unido

Jovem é um dos líderes de protestos e fugiu do país há 6 meses

Nathan Law está morando no Reino Unido há cerca de seis meses
Nathan Law está morando no Reino Unido há cerca de seis meses (foto: ANSA)
13:30, 21 DezROMA ZGT

(ANSA) - Nathan Law, um dos ativistas pró-democracia em Hong Kong, informou que pediu formalmente refúgio no Reino Unido em um artigo no jornal britânico "The Guardian" nesta segunda-feira (21). O jovem mora na Inglaterra desde junho, quando fugiu do território autônomo por conta da aplicação da polêmica lei de segurança nacional.

Law afirma que quer "lançar um alerta" sobre as "ameaças à democracia por parte do Partido Comunista Chinês".

"Por muito tempo, muitos trabalharam sob a fantasia de que a China seria um parceiro estratégico do Ocidente, talvez parte de um mundo democrático. O processo para acordar dessa ilusão leva tempo. Nos EUA, adotar uma aproximação assertiva com a China e posicionar o país como um dos maiores inimigos é um consenso bipartidário. Isso não é o caso do Reino Unido e da União Europeia; esse consenso precisa ser construído", escreveu.

Law ficou conhecido internacionalmente como um dos líderes da "Revolução dos Guarda-Chuvas" em 2014, ao lado de Joshua Wang e Alex Chow.

Desde então, vem sendo uma das principais vozes pela independência de Hong Kong da China - e alvo de diversos processos de Pequim. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA