OMS diz que variante de coronavírus 'não está fora de controle'

Entidade descartou os impactos da mutação sobre a produção de vacinas

Entidade descartou os impactos da mutação sobre a produção de vacinas
Entidade descartou os impactos da mutação sobre a produção de vacinas (foto: EPA)
07:56, 22 DezGENEBRA ZCC

(ANSA) - A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou nesta segunda-feira (21) que a nova variante do coronavírus (Sars-CoV-2) encontrada no Reino Unido, com maior índice de transmissão, "não está fora de controle" e descartou os impactos da mutação sobre a produção de vacinas contra a Covid-19.

"Tivemos um R0 (taxa de reprodução do vírus) muito maior do que 1,5 em momentos diferentes durante esta pandemia e o controlamos. Portanto, essa situação não está, nesse sentido, fora de controle", afirmou o diretor de emergência de saúde da OMS, Michael Ryan.

Segundo o executivo, as vacinas já são produzidas visando uma ampla variedade de mutações. Com isso, os imunizantes poderiam ser atualizados com a nova cepa do Sars-CoV-2 sem grandes problemas.

Durante coletiva de imprensa, a entidade ainda disse que não existem evidências de que a nova mutação do coronavírus aumente a gravidade da doença.

"O Reino Unido relatou que esta nova variante é transmitida com mais facilidade, mas não há evidências até o momento de que seja mais provável que cause doença grave ou mortalidade", explicou Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA