Trump pede calma e protesto sem violência após invasão

Presidente publicou apelo em sua conta no Twitter

Presidente publicou apelo em sua conta no Twitter
Presidente publicou apelo em sua conta no Twitter (foto: EPA)
18:05, 06 JanNOVA YORK ZCC

(ANSA) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu calma aos seus apoiadores e fez um apelo para um protesto sem violência, após manifestantes invadirem o Capitólio, sede do Congresso americano.

"Peço a todos os que estão no Capitólio que mantenham a paz. Sem violência! Lembrem-se que somos o partido da Lei e da Ordem - respeite a lei e nossos grandes homens e mulheres em Azul", publicou o republicano em sua conta no Twitter.

Durante a invasão no local, houve vandalismo, uma porta de vidro foi quebrada e gás lacrimogênio foi disparado pelas autoridades.Diversos agentes ficaram feridos.

Segundo a imprensa americana, citando fontes médicas, uma pessoa foi atingida por tiros dentro do Congresso.

Trump ordenou o envio da Guarda Nacional ao Congresso, após a invasão no Capitólio por manifestantes favoráveis ao republicano. A informação foi confirmada pela Casa Branca na tarde desta quarta-feira (6).

“Reiteramos o apelo de Trump contra a violência”, escreveu a porta-voz da Casa Branca, Kayleigh McEnany. (ANSA).

   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA