Reino Unido veta voos do Brasil por variante do coronavírus

Governo Johnson ainda proibiu voos de outros 15 países

Reino Unido barrou passageiros de 16 países por variante brasileira
Reino Unido barrou passageiros de 16 países por variante brasileira (foto: EPA)
18:42, 14 JanLONDRES ZGT

(ANSA) - O Reino Unido proibiu os voos vindos do Brasil e de outros 15 países por conta da variante brasileira do coronavírus Sars-CoV-2.

A medida entra em vigor já nesta sexta-feira (15), às 4h (hora local),e é anunciada menos de 24 horas depois do primeiro-ministro, Boris Johnson, se dizer "preocupado" com a mutação encontrada no Amazonas - e que foi detectada no Japão em janeiro.

O ministro dos Transportes, Grant Shaps, afirmou que a regra não vale para britânicos ou irlandeses que estiverem voltando para o país ou residentes brasileiros permanentes. Porém, eles terão que apresentar um teste de Covid negativo, feito em até 72 horas antes do voo, e cumprir um autoisolamento de 10 dias como medida de precaução.

Além do Brasil, voos vindos da Argentina,Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Guiana Francesa, Panamá, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela. Também foram incluídos no veto Portugal e Cabo Verde, "por conta de seus laços estreitos com o Brasil".

Enfrentando seu terceiro lockdown, justamente por conta de uma variante britânica, o país teme que o avanço de uma nova cepa possa piorar ainda mais o cenário de alta de casos e de mortes.

Conforme dados da Universidade Johns Hopkins, o Reino Unido soma 3.221.034 casos confirmados de Covid-19 e 84.915 mortes - sendo o país europeu mais afetado pela pandemia.? (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA