França supera marca de 100 mil mortes pelo novo coronavírus

País é o oitavo com mais vítimas em todo o mundo

Governo francês planeja homenagem às vítimas
Governo francês planeja homenagem às vítimas (foto: EPA)
16:30, 15 AbrPARIS ZCC

(ANSA) - A França ultrapassou a marca de 100 mil mortes provocadas pelo novo coronavírus Sars-CoV-2, informaram as autoridades sanitárias nesta quinta-feira (15).

Segundo o novo boletim, o país registrou cerca de 300 novos óbitos no último período de 24 horas, elevando o total de vítimas na pandemia de Covid-19 para 100.105.

Com isso, a França torna-se o oitavo país com mais de 100 mil mortes na emergência sanitária que assola o mundo, atrás da Rússia, Itália, Reino Unido, Índia, México, Brasil e Estados Unidos.

O presidente francês, Emmanuel Macron, lamentou a triste marca e prestou condolências a todas as "famílias, entes queridos, aos filhos que perderam um dos pais ou avós, os irmãos enlutados, as amizades rompidas".

Ontem (14), o líder francês fez um balanço durante o tradicional Conselho de Defesa da Saúde, quase duas semanas após a implementação de "medidas de restrição" reforçadas. Apesar dos "sinais encorajadores", "a terceira onda não ficou para trás" e as autoridades do país europeu planejaram uma "homenagem" às vítimas.

Até agora, a França vacinou quase 12 milhões de cidadãos, sendo que 4.265.276 já receberam as duas doses, de acordo com o primeiro-ministro, Jean Castex. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA