Voluntário italiano é assassinado no México

Michele Colosio realizava projetos de apoio à população local

Michele Colosio, de 42 anos, vivia entre Itália e México
Michele Colosio, de 42 anos, vivia entre Itália e México (foto: Ansa)
10:08, 13 JulBRESCIA ZRS

(ANSA) - Um voluntário italiano de 42 anos de idade foi assassinado no último fim de semana em San Cristóbal de Las Casas, no México.

Michele Colosio, que é natural de Borgosatollo, na província de Brescia, viajava há 10 anos entre Itália e México para acompanhar projetos de apoio à população local.

De acordo com a associação à qual Colosio pertencia, o italiano foi assassinado a caminho de casa após as celebrações do título da Azzurra na Eurocopa.

O "Giornale di Brescia", por sua vez, apontou que Colosio foi atingido por quatro disparos de arma de fogo, mas ainda não há informações precisas sobre o agressor ou os motivos do ataque.

"Ele não merecia acabar assim, só ia lá para fazer o bem", disse Daniela Stanga, mãe de Colosio.

Em uma publicação no Facebook, a associação "Yi'bel ik' Raíz del Viento", que Colosio fazia parte, anunciou nesta terça-feira (13) que realizará uma vigília em memória do italiano.

O ex-técnico de radiologia dedicava grande parte do seu tempo a uma pequena fazenda, onde criava aves e planejava intervenções para a educação de crianças pobres do município. Não é descartada a hipótese de que as atividades cooperativas de Colosio tenham entrado em conflito com outros interesses do submundo local.

Em nota, a Farnesina revelou que está em estreita ligação com a Embaixada da Itália na Cidade do México para acompanhar o desenvolvimento do caso. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA