China limita para 3 horas tempo que menores podem jogar online

Medida visa 'proteger saúde física e mental' dos chineses

Apenas adultos não terão restrições de horários para jogar online
Apenas adultos não terão restrições de horários para jogar online (foto: EPA)
11:47, 30 AgoPEQUIM ZGT

(ANSA) - A China anunciou nesta segunda-feira (30) uma série de novas regras para regulamentar a indústria de jogos eletrônicos e online do país e limitou a três horas semanais o tempo que menores de idade podem passar jogando.

Segundo o decreto, publicado pela National Press and Publication Administration (NPPA), a medida tem como objetivo "uma eficaz prevenção da dependência dos menores nos jogos online" e quer "proteger mais eficazmente a saúde física e mental" deles.

Com isso, os provedores de games online podem oferecer o serviço para os menores apenas por uma hora, entre 20h e 21h (hora local), nas sextas-feiras, sábados e domingos, bem como em dias de feriados oficiais.

A determinação ainda exige que as empresas sejam "rigorosas" com os registros dos usuários e com acessos e que não devem fornecer seus serviços sem o recolhimento de "dados reais e reconhecimento facial".

O texto destaca que há a necessidade de "guiar ativamente as famílias, as escolas e os outros setores sociais para coadministrar o governo e cumprir as responsabilidades na tutela dos menores em conformidade com a lei, e criar para eles um bom ambiente de crescimento são".

A agência estatal de notícias Xinhua, citando fontes da NPPA, ressaltou que o "vício dos menores" em jogos online estava chamando muita atenção na China e que a nova regra visa ajudar o desenvolvimento de crianças e adolescentes que "ainda estão em desenvolvimento físico e mental, e tem pouco autocontrole".

Ainda conforme a agência chinesa, em 2020, mais de 10 mil jogos foram checados pela NPPA e "mais de 50 empresas foram multadas". (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA