Violinistas de vários países fazem flashmob contra guerra

Ação foi idealizada por um músico que está em um bunker em Kiev

Flashmob reuniu quase 100 violinistas de todas as partes do mundo
Flashmob reuniu quase 100 violinistas de todas as partes do mundo (foto: Ansa)
11:09, 14 MarROMA ZRS

(ANSA) - Quase 100 violinistas de dezenas de países diferentes se uniram em um vídeo e fizeram um flashmob musical contra a guerra na Ucrânia.

A iniciativa, que foi organizada pelo violinista ucraniano Ilia Bondarenko, reuniu 94 músicos de 29 nações espalhadas pelo mundo. Todos os artistas se apresentaram juntos em um vídeo de cerca de um minuto e meio.

"Tive a honra de dar início a um poderoso flashmob através do violino, que reuniu os melhores de todo o mundo em harmonia. Obrigado por fazerem minha querida Ucrânia se sentir em todos os lugares", disse Bondarenko, que abre o vídeo se apresentando em um bunker em Kiev.

Além de violinistas ucranianos, músicos dos Estados Unidos, Canadá, Colômbia, França, Japão e Reino Unido participaram da ação.

No início de março, a jovem ucraniana Vera Lytovchenko viralizou na internet ao tocar seu violino em um abrigo subterrâneo em Kharkiv, um dos principais teatros da guerra iniciada pela Rússia em 24 de fevereiro. Na oportunidade, a artista tocou uma música chamada "A noite está tão enluarada".

Pouco depois de Lytovchenko, foi a vez da pequena Amelia, de cinco anos de idade, que viralizou nas redes sociais ao ter sido gravada cantando "Let It Go", principal música do filme "Frozen", para dezenas de pessoas em um bunker na capital ucraniana.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos divulgou no último domingo (13) que pelo menos 596 civis foram mortos desde o início da guerra na Ucrânia. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA