Trump descarta retorno ao Twitter se Musk reativar seu perfil

Ex-presidente dos EUA foi banido da rede por incitação à violência

Donald Trump foi banido da rede social por incitação à violência
Donald Trump foi banido da rede social por incitação à violência (foto: EPA)
20:02, 25 AbrNOVA YORK ZCC

(ANSA) - O ex-presidente Donald Trump descartou nesta segunda-feira (25) seu possível retorno ao Twitter, mesmo que seu perfil seja reativado após o bilionário Elon Musk ter comprado a rede social.

"Não vou voltar ao Twitter, vou ficar na Truth Social", disse o magnata ao canal Fox News, acrescentando que se juntará formalmente à sua própria rede social nos próximos dias.

Trump demonstrou apoio a aquisição do Twitter por Musk, "porque ele fará melhorias". "Ele é um bom homem, mas vou ficar na Truth", enfatizou.

Desde que Musk apresentou uma proposta para adquirir o Twitter, diversas especulações surgiram sobre um possível retorno de Trump à plataforma.

O ex-presidente americano foi expulso do Twitter após a invasão ao Capitólio, em Washington, em 6 de janeiro de 2021, pelo risco de "mais incitações à violência". Na ocasião, Trump fez um discurso com falsas acusações de que sua derrota para o democrata Joe Biden nas eleições presidenciais ocorreu em decorrência de fraudes. A acusação, no entanto, foi desmentida pelas autoridades eleitorais. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA