/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Itália vai liderar missão e assistência militar da UE no Níger

Itália vai liderar missão e assistência militar da UE no Níger

BRUXELAS, 02 fevereiro 2023, 17:53

Redação ANSA

ANSACheck

Assistência é avaliada em 40 milhões de euros - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - O Comitê Político e de Segurança da União Europeia (COPS) aprovou nesta quinta-feira (2) uma nova assistência ao Níger, a qual a Itália será responsável por liderar a implementação das medidas.

A ajuda ao país africano é avaliada em 40 milhões de euros no âmbito do Fundo Europeu para a Paz (EPF). Segundo apuração da ANSA com fontes diplomáticas europeias, a Itália será responsável por comandar essa operação por meio da Agência das Indústrias de Defesa (AID).

Esta é a primeira vez que a Itália assumirá esta responsabilidade. O país deve liderar também o comando da missão militar da União Europeia.

A missão de parceria militar, aprovada a nível político pelo Conselho da UE em dezembro passado, tem como objetivo "apoiar o Níger na sua luta contra os grupos armados terroristas e melhorar a capacidade das forças armadas do país para conter a ameaça, proteger a população e garantir um ambiente seguro e protegido em conformidade com as leis de direitos humanos e do direito humanitário internacional.

A iniciativa contribuirá para a implementação de um plano de desenvolvimento da capacidade do Níger, sustentando a criação do Centro de Formação de Técnicos das Forças Armadas, que fornecerá consultoria especializada e treinamento mediante solicitação aos especialistas das Forças Armadas do Níger e apoiará o estabelecimento de um novo Batalhão de Apoio ao Comando e Comunicações (em conjunto com a medida de assistência do Fundo Europeu de Paz adotada em 18 de julho de 2022).
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Ou use