Igreja não pode 'recomeçar do zero', diz Sínodo

Texto defendeu manutenção da "reviravolta pastoral" de Francisco

Reforma fundada
Reforma fundada "sob o magistério" de Francisco foi defendida em texto preparatório para o Sínodo de 2015 (foto: ANSA)
20:15, 09 DezCIDADE DO VATICANO ZLR

(ANSA) - O texto preparatório para o Sínodo dos Bispos sobre a Família de 2015, divulgado nesta terça-feira (9), pede para a Igreja não "recomeçar do zero" a "reviravolta pastoral" iniciada pelo papa Francisco.
    Segundo o documento, essa espécie de reforma fundada "sob o magistério" de Jorge Bergoglio deve ser aprofundada, envolvendo todo o clero. O texto também convida os componentes eclesiásticos a enfrentarem "os novos desafios" trazidos pelos homossexuais.
    De acordo com o relatório, é preciso perguntar-se como cuidar "de pessoas em tais situações" e evitar "qualquer discriminação injusta". O Sínodo de 2015 está marcado para os dias 4 a 25 de outubro e terá como tema "A vocação e a missão da família na Igreja e no mundo contemporâneo". (ANSA)

 

http://www.papafrancesconewsapp.com/por

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA