Papa deve enviar observador para negociações com Farc

Informação foi confirmada por presidente do Episcopado

Papa deve ajudar nas negociações de paz na Colômbia através de observador
Papa deve ajudar nas negociações de paz na Colômbia através de observador (foto: ANSA)
17:50, 20 AgoCIDADE DO VATICANO ZGT

(ANSA) - O papa Francisco teria indicado um observador da Santa Sé para acompanhar as negociações entre as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e o governo do país, informou o monsenhor Luis Castro Quiroga nesta quinta-feira (20).

 

O atual presidente do Episcopado colombiano deu uma entrevista a uma rádio local contando sobre o andamento da situação e a agência de notícias católicas Fides repassou a informação.

 

Segundo o religioso, se trata de um "acompanhante" concreto no processo. "Esta foi a forma com a qual o papa Francisco encontrou para apoiar o processo de paz colombiano", destacou Quiroga ressaltando que a "aceitação dessa figura deve obter consenso das duas partes".

 

Há uma semana, a máxima instituição católica na Colômbia está tentando fazer com que o Pontífice ajude as negociações para levar paz ao povo local. O monsenhor ressaltou que houve um pedido formal de encontro entre Jorge Mario Bergoglio e os representantes das Farc, algo que foi negado pelo Vaticano ontem (19).

 

Segundo o vice-diretor de imprensa da Santa Sé, padre Ciro Benedettini, o sucessor de Bento XVI estaria avaliando como poderia contribuir para o processo de paz no país sul-americano.

 

A "intercessão" do Papa era desejada por ambos os lados dos debates que ocorrem há cinco anos e que foram intensificados desde 2013. (ANSA) http://www.papafrancesconewsapp.com/por/

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA