Papa recebe ativista francesa anti-casamento gay

Encontro ocorreu em meio a debate sobre união civil na Itália

Papa Francisco participa de audiência geral no Vaticano
Papa Francisco participa de audiência geral no Vaticano (foto: ANSA)
19:33, 29 FevROMA ZLR

(ANSA) - O papa Francisco recebeu nesta segunda-feira (29) a fundadora do movimento francês "Manif pour Tous" ("Manifestação para Todos"), Frigide Barjot, que no ano passado promoveu grandes protestos contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo e em defesa da "família tradicional".

 

Segundo a agência católica "I.Media", a ativista havia enviado há tempos uma carta pedindo um encontro com o Pontífice, mas foi convidada apenas agora, justamente no momento em que a Itália discute um projeto para aprovar a união civil entre homossexuais.

 

O projeto inicial equiparava esse tipo de formação ao matrimônio e estendia o direito da adoção de enteado aos casais gays, mas estes dois pontos foram derrubados após forte pressão de grupos cristãos da sociedade civil e do próprio Parlamento.

 

Oficialmente, o Vaticano não interfere no debate político em Roma, papel que cabe à Conferência Episcopal Italiana (CEI). No entanto, em meio às discussões sobre o projeto para autorizar a união civil gay, o Papa já deu declarações neste ano dizendo que não pode haver confusão entre o que é a família que "Deus quer" e "outros tipos de união".

 

Segundo a "I.Media", Barjot perguntou a Francisco se, como cidadã católica, poderia continuar sua luta pela união civil entre pessoas do mesmo sexo, mas sem adoção. "Claro que sim", teria respondido Jorge Bergoglio. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA