Com 2 papas vivos, Vaticano faz nova tumba em Roma

Igreja Católica convive com Francisco e com o emérito Bento XVI

Francisco e Bento XVI se abraçam no Vaticano
Francisco e Bento XVI se abraçam no Vaticano (foto: ANSA)
19:33, 17 MarCIDADE DO VATICANO ZBF

(ANSA) - A Santa Sé já construiu a tumba que abrigará o próximo líder da Igreja Católica a morrer, no subsolo das Grutas Vaticanas, em Roma, onde estão enterrados outros Papas. A tumba, que ainda não tem inscrição, foi fabricada em mármore branco e possui baixos-relevos que reproduzem colunas decoradas.

 

A notícia foi dada por sites especializados na cobertura de assuntos católicos e confirmada posteriormente pelo porta-voz da Santa Sé, padre Federico Lombardi. "Não há nenhum mistério quanto a isso. É preciso prever que sejam instalados túmulos nas Grutas Vaticanas para o futuro. Havia uma capela livre e, por isto, foi lógico construir o túmulo lá", explicou Lombardi.

 

Entre os líderes católicos sepultado nas Grutas Vaticanas, que ficam embaixo da Basílica de São Pedro, estão Pio XI, Pio XII, Paulo VI e João Paulo I. Como os pontificados costumam ser vitalícios na Igreja Católica, os Papas encerram sua liderança apenas quando morrem. A exceção foi o papa Bento XVI, que renunciou ao seu cargo em 28 de fevereiro de 2013. O novo túmulo poderá ser destinado a Bento XVI ou ao papa Francisco, a menos que eles peçam em viva que sejam enterrados em outro lugar. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA