'Não nos deixemos contagiar pela indiferença', diz Papa

Francisco celebrou missa pela Jornada Mundial dos Pobres

Papa Francisco em missa na Jornada Mundial dos Pobres
Papa Francisco em missa na Jornada Mundial dos Pobres (foto: ANSA)
12:37, 15 NovVATICANO ZLR

(ANSA) - O papa Francisco celebrou neste domingo (15), na Basílica de São Pedro, uma missa pela Jornada Mundial dos Pobres, evento promovido anualmente pelo Vaticano, e pediu que a humanidade não se deixe "contagiar pela indiferença".

Em um fato raro nessa era de pandemia, a celebração contou com um público de cerca de 100 pessoas, formado por pessoas necessitadas, moradores de rua e integrantes de associações de caridade, representando simbolicamente todos os pobres do mundo.

"Hoje, nestes tempos de incerteza e fragilidade, non desperdicemos a vida pensando apenas em nós mesmos, com uma postura de indiferença. Não nos iludamos pensando que existe paz e segurança. São Paulo nos convida a olhar a realidade de frente, a não nos deixarmos contagiar pela indiferença", disse Francisco.

Segundo o Papa, os pobres estão no centro do Evangelho e na própria personalidade de Jesus. "O Natal está se aproximando, e quantas vezes as pessoas se perguntam: 'o que posso comprar?'. Vamos dizer outra coisa: 'o que posso dar aos outros para ser como Jesus, que deu a si mesmo e nasceu naquele presépio?'", acrescentou.

Jorge Bergoglio ainda ressaltou que, no fim da vida, "vai desaparecer a ficção do mundo, segundo a qual o sucesso, o poder e o dinheiro dão sentido à existência, enquanto o amor, aquele que doamos, emergirá como a verdadeira riqueza".

"Como é vazia uma vida que persegue as necessidades sem olhar para os necessitados. É triste quando um cristão joga na defensiva, prendendo-se apenas às regras e ao respeito aos comandos. Isso não basta. A fidelidade a Jesus não é apenas não cometer erros", disse. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA