Papa aceita renúncia de bispo mexicano contrário ao uso de máscaras

Sánchez deixou posto dois anos antes do previsto pela Igreja

Papa Francisco sempre pediu que religiosos sigam as regras sanitárias definidas pelos governos locais
Papa Francisco sempre pediu que religiosos sigam as regras sanitárias definidas pelos governos locais (foto: ANSA)
14:24, 30 MarCIDADE DO VATICANO ZGT

(ANSA) - O papa Francisco aceitou a renúncia do bispo da diocese de Victoria, no México, Antonio González Sánchez nesta terça-feira (30), informou a Santa Sé.

O mexicano ficou famoso no país ao pregar contra o uso de máscaras de proteção facial para evitar a transmissão do coronavírus Sars-CoV-2, indo contrariamente às recomendações do Vaticano de seguir as regras sanitárias contra a Covid-19 determinadas por cada governo.

"Usar a máscara significa não confiar em Deus", disse em uma das celebrações que realizou na cidade, afirmando ainda que a pandemia não acabou porque os fiéis "não estão rezando bastante".

O Vaticano não especificou o motivo da renúncia, mas o fato é que ela ocorreu dois anos antes do previsto. Por regra, um bispo se aposenta compulsoriamente quando completa 75 anos, mas Sánchez tem 73. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA