/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Turismo na Itália em 2023 supera níveis pré-pandemia

Aumento da presença de estrangeiros contribuiu para escalada

ROMA, 02 janeiro 2024, 12:38

Redação ANSA

ANSACheck

Aumento de turistas estrangeiros ao longo de 2023 impulsionou a procura por acomodações - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - O setor de turismo da Itália se recuperou do impacto da pandemia de Covid-19 e fechou 2023 com número de visitantes superior ao registrado em 2019.

De acordo com o Centro de Estudos Turísticos de Florença, o país teve 445,3 milhões de presenças em acomodações, quantidade superior aos 436,7 milhões registrados há quatro anos.

Já em relação ao ano retrasado, o levantamento apontou que os números de 2023 tiveram um acréscimo de 8,1%.

O aumento de turistas estrangeiros ao longo de 2023 impulsionou a procura por alojamentos e contribuiu significativamente para ultrapassar 2019.

Ao todo, o desembarque de pessoas naturais de outras nações totalizou 228,5 milhões, contra os 220,6 milhões há quatro anos.

"Depois de três longos anos, o turismo está finalmente regressando para recuperar os níveis pré-pandemia de presenças turísticas, graças também ao aumento de visitantes estrangeiros. É um sinal positivo e de esperança para o novo ano", celebrou Vittorio Messina, presidente da Assoturismo, uma das organizadoras do estudo.
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Ou use