/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Emissora pública italiana RAI completa 70 anos

Meloni afirmou que veículo é uma 'garantia de democracia"

ROMA, 03 janeiro 2024, 08:31

Redação ANSA

ANSACheck

Fulvia Colombo realizou o primeiro anúncio da RAI ao confirmar que a emissora iria começar naquele dia seu 'serviço regular de televisão ' - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - A emissora pública italiana RAI completou nesta quarta-feira (3) 70 anos de história.

Após vários anos de testes, em 3 de janeiro de 1954, a locutora Fulvia Colombo realizou o primeiro anúncio da RAI ao confirmar que a emissora iria começar naquele dia seu "serviço regular de televisão".

O evento deu o pontapé inicial para uma nova era na comunicação de massa, principalmente do território italiano. Em 1954, apenas 34% da população tinha uma televisão, já que o país ainda estava se recuperando das consequências da Segunda Guerra Mundial.

"Chegadas e Partidas" abriu a programação da RAI com a apresentação de Armando Pizzo e Mike Bongiorno, que mais tarde se tornaria um ícone da televisão italiana por entrevistar diversas personalidades.

A emissora dedicará ao longo desta quarta uma programação especial para relembrar sua história, com imagens de arquivo e diversas outras recordações que vão ser veiculadas nos canais RAI e na plataforma RaiPlay.

A primeira-ministra da Itália, Giorgia Meloni, parabenizou a emissora pelos 70 anos e destacou que ela continua sendo uma "garantia de pluralismo e de democracia".

"A RAI nunca deixou de acompanhar o processo coletivo de crescimento e mudança cultural, social e civil. Aproveito a oportunidade deste importante aniversário para agradecer à Rai pelo trabalho que tem realizado", disse a chefe de governo.
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Ou use