/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

'C'è ancora domani' recebe 19 indicações para 'Oscar italiano'

ROMA, 03 abril 2024, 14:51

Redação ANSA

ANSACheck

Paola Cortellesi, protagonista e diretora de 'C 'é ancora domani ' - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - O filme "C'è ancora domani', dirigido pela atriz Paola Cortellesi, foi confirmado como o título cinematográfico recordista deste ano na Itália, com 19 indicações para o prêmio "David di Donatello" de 2024, considerado o "Oscar" do cinema italiano.

O filme em preto e branco narra o drama doméstico de uma dona de casa na Roma pós-guerra e aborda questões de patriarcado e empoderamento feminino no ano em que as mulheres italianas votaram pela primeira vez.

Em dezembro passado, a produção de Cortellesi tornou-se o longa de maior bilheteria nos cinemas italianos desde 1º de janeiro de 2023.

Já o filme "Io Capitano", de Matteo Garrone, disputará 15 estatuetas, enquanto que "La Chimera", de Alice Rohrwacher, 13.

A produção de Marco Bellocchio, "O Rapto", foi indicada em 11 categorias, e "Comandante", de Edoardo De Angelis, em 10.

"Alcançamos a paridade entre qualidade e sucesso. É um cinema feminino e de grandes mestres, que olha para a memória e para a história. Quase todos os filmes, exceto 'Io Capitano', se passam em uma época diferente", comentou Piera Detassis, presidente da Accademia dei David.

A 69ª edição da premiação será realizada no próximo dia 3 de maio em cerimônia transmitida pela Rai 1 e organizada por Carlo Conti, juntamente com Alessia Marcuzzi e Fabrizio Biggio.

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Ou use