/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Megaoperação da polícia contra máfia italiana prende 43 pessoas

Ex-governador da Calábria é investigado pelas autoridades

ROMA, 27 junho 2023, 12:31

Redação ANSA

ANSACheck

Diversos políticos da Calábria estão sendo investigados pela polícia - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - Uma megaoperação da polícia italiana contra a máfia 'ndrangheta terminou com pelo menos 43 pessoas presas.

Os indivíduos foram detidos preventivamente por diversos crimes, que vão desde associação mafiosa até extorsão e concorrência ilícita. Um homicídio também vem sendo investigado pelas autoridades locais.

Além do cumprimento das 43 medidas cautelares de prisão, a polícia possui uma longa lista de suspeitos. Entre eles estão alguns políticos, como o ex-governador da Calábria Mario Oliverio, que esteve no cargo de 2014 a 2020.

Os ex-secretários regionais Nicola Adamo, Antonietta Rizzo e Seby Romeo também pararam na mira dos agentes.

Raffaele Vrenna, empresário do setor de resíduos e ex-presidente do time de futebol Crotone, clube atualmente dirigido por seu irmão, Gianni, está incluído na lista de investigados.
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use