/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Onda de mau tempo deixa 1 pessoa morta no norte da Itália

MILÃO, 24 julho 2023, 18:12

Redação ANSA

ANSACheck

Aeronave sofreu danos após chuva de granizo - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - Uma onda de mau tempo no norte da Itália atrapalhou o trânsito, interrompeu a circulação de transportes públicos e deixou pelo menos uma pessoa morta nesta segunda-feira (24).

A vítima é uma mulher marroquina de 58 anos que faleceu após ser atingida pela queda de uma árvore, em Lissone, na província de Monza e Brianza.

Segundo os paramédicos que atenderam na ocorrência, a mulher havia esperado passar a chuva forte para sair de casa e estava caminhando por volta das 15h50, no horário local, quando foi atingida pela queda da árvore

Quando o socorro chegou ela já estava morta, mas bombeiros e trabalhadores da Defesa Civil removeram a árvore e tentaram reanimar a vítima, sem sucesso. 

Quedas de árvores também feriram três pessoas em veículos no centro de Legnano, cidade na província de Milão, todas elas com estado de saúde considerado estável.

As quatro árvores atingiram carros em que estavam um homem que não teve a idade divulgada, uma mulher de 34 anos e uma idosa de 81.

Quedas de árvores também causaram danos à rede elétrica que alimenta o metrô milanês, causando o fechamento de três estações.

Já a Trenord, companhia que administra os trens regionais da Lombardia, informou sobre "danos estruturais graves" que afetaram principalmente a estação de Monza, bloqueando as linhas que conectam Milão a Como, Lecco e Sondrio.

Passageiros dos trens de outras linhas também enfrentam atrasos de mais de uma hora. Os temporais ainda provocaram alagamentos em ruas e estradas, atingindo residências e estabelecimentos comerciais.

O Corpo de Bombeiros informou que, ao todo, já registrou 100 chamados relacionados à chuva na região.

A previsão do tempo aponta expectativa de mais instabilidades na área de Milão, com fortes rajadas de vento e chuvas intensas. A cidade está sob alerta laranja, indicando risco moderado de novos temporais nas próximas 24 horas.

Pouso emergencial

Um voo da Delta Airlines entre Milão, na Itália, e Nova York, nos Estados Unidos, foi redirecionado para Roma após sofrer danos em sua estrutura por causa da onda de mau tempo que atinge a região.

O Boeing 767-300 enfrentou uma forte tempestade de granizo e turbulências severas ao sair de Milão-Malpensa com destino ao aeroporto internacional John F Kennedy (JFK) de Nova York e precisou declarar emergência.

Por segurança, o voo Dl 185 foi desviado para o aeroporto de Fiumicino, na capital da Itália, "depois de encontrar condições climáticas adversas após a decolagem", informou a companhia aérea.

O avião pousou pouco antes das 14h (horário local) no aeroporto de Roma "com segurança e os passageiros desembarcaram normalmente". "A aeronave sofreu alguns danos durante o mau tempo que estão sendo revisados por nossa equipe de manutenção local", acrescentou a empresa norte-americana.

Agora a noite, outra violenta tempestade atinge Brianza, com raios e granizo do tamanho de bolas de tênis. Entre os locais mais afetados estão Mariano Comense (Como), em Sovico, Cesano Maderno e Seveso (Monza), bem como em Seregno (Monza), onde houve cortes de energia em várias áreas da cidade.

No centro comercial de Arese, em Milão, a chuva e o granizo perfuraram o teto e a água está penetrando o seu interior. A unidade de controle do corpo de bombeiros foi acionada.

   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use