/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Itália aumenta número de cidades em alerta vermelho por calor

ROMA, 21 agosto 2023, 13:16

Redação ANSA

ANSACheck

Homem se refresca do calor em fonte diante do Pantheon de Roma, cidade que entra em alerta vermelho nesta terça (22) - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - O governo da Itália aumentou o número de cidades em alerta vermelho para o calor, em meio a uma nova onda de altas temperaturas na reta final do verão europeu.

De 27 municípios monitorados pelo Ministério da Saúde, 12 já estão no nível vermelho de alerta, que contempla "possíveis efeitos negativos em pessoas saudáveis e ativas, e não apenas em subgrupos de risco, como idosos, crianças muito pequenas e indivíduos afetados por doenças crônicas".

As 12 cidades em alerta vermelho nesta segunda-feira (21) são Bolonha, Bolzano, Brescia, Florença, Frosinone, Latina, Palermo, Perúgia, Rieti, Roma, Turim e Verona.

Na terça (22), elas ganharão a companhia de Gênova, Milão, Nápoles e Trieste. Já na quarta (23), Veneza também se juntará à lista, totalizando 17 municípios no nível máximo de alerta entre 27 monitorados.

A Itália já enfrentou uma intensa onda de calor em meados de julho, com as temperaturas se aproximando dos 50ºC em locais como a Sardenha. (ANSA)

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use