/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Mortos em terremoto no Japão sobem para mais de 60

Outro abalo sísmico atingiu o país, mas não há relatos de danos

TÓQUIO, 03 janeiro 2024, 10:50

Redação ANSA

ANSACheck

Uma série de terremotos, sendo o mais forte com magnitude de 7,6 graus na escala Richter, atingiu o Japão © ANSA/EPA

(ANSA) - O número de mortos no terremoto que atingiu o Japão no último dia 1º de janeiro subiu para 62, anunciaram nesta quarta-feira (3) as autoridades do país asiático.

De acordo com um funcionário da província de Ishikawa, entrevistado pela agência de notícias AFP, mais de 300 pessoas ficaram feridas na série de tremores, sendo 20 delas gravemente.

Outro abalo sísmico de magnitude de 5,5 graus na escala Richter sacudiu hoje a costa centro-oeste do Japão, mas nenhum alerta de tsunami foi emitido, bem como de vítimas, feridos ou danos estruturais.

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, lamentou o ocorrido e destacou que o bloco auxiliará a população japonesa.

"Os meus pensamentos estão com os japoneses nestes tempos difíceis. O Japão é um dos parceiros e amigos mais próximos da União Europeia. Estamos prontos para apoiar de todas as formas que pudermos", disse a mandatária.

Uma série de terremotos, sendo o mais forte com magnitude de 7,6 graus na escala Richter, atingiu o Japão. Os tremores deixaram um rastro de destruição nas cidades mais afetadas.
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Ou use