/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Astronauta italiano participará de missão privada para ISS

Lançamento está previsto para acontecer no início de 2024

ROMA, 12 setembro 2023, 14:18

Redação ANSA

ANSACheck

O coronel Walter Villadei, da Força Aérea Italiana, será o piloto da missão - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - A Agência Espacial Europeia (ESA) anunciou nesta terça-feira (12) que um italiano estará a bordo da missão privada Axiom-3, cujo voo para a Estação Espacial Internacional (ISS) está previsto para o início de 2024.

O coronel Walter Villadei, da Força Aérea Italiana, será o piloto da missão. A tripulação inclui os astronautas Marcus Wandt, Michael López-Alegría e Alper Gezeravci.

O lançamento está previsto para acontecer no Centro Espacial Kennedy, em Cabo Canaveral, com um foguete Falcon 9, da SpaceX.

O quarteto voará a bordo de uma cápsula Crew Dragon, também da empresa comandada por Elon Musk.

"Essa tripulação vai mudar o jeito de como os governos e as agências espaciais colhem os benefícios da microgravidade. A missão está destinada a inaugurar a transformação que fará das nações europeias as pioneiras do nascente espaço comercial", disse López-Alegría, comandante da missão.

Os quatro astronautas vão trabalhar por pelo menos 14 dias na ISS.

"A ESA está a encorajar uma nova geração de exploradores espaciais que utilizam o acesso comercial ao espaço com novas ideias, conceitos e investigação", afirmou Daniel Neuenschwander, diretor de Exploração Humana e Robótica da ESA.
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use