Italianos descobrem um dos meteoritos mais raros do mundo

Fragmento foi achado na região da Calábria, no sul do país

Fragmento é apenas o terceiro já descoberto no planeta que tem uma liga muito rara de alumínio e cobre (foto: ANSA)
Fragmento é apenas o terceiro já descoberto no planeta que tem uma liga muito rara de alumínio e cobre (foto: ANSA)

(ANSA) - Um grupo de pesquisadores italianos descobriu um dos meteoritos mais raros já vistos no mundo.

O fragmento é apenas o terceiro já descoberto no planeta que tem uma liga muito rara de alumínio e cobre, além de ser o segundo com um quasicristal de origem natural.

O meteorito, que foi analisado por uma equipe de pesquisadores comandada pela professora Giovanna Agrosì, da Universidade de Bari, é uma esfera minúscula e foi achado no Monte Gariglione.

Um homem achou o fragmento por ter sido atraído pelo brilho metálico incomum do meteorito e o levou para a instituição de ensino na Puglia, que confirmou a origem da esfera.

"O desenvolvimento das ciências planetárias é um ponto em que sempre acreditamos e esta descoberta demonstra como a contribuição dos estudos geológico-mineralógicos é essencial para o progresso do conhecimento sobre o nosso Sistema Solar", disse Agrosì. (ANSA).