/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Itália tem alta de 50,5% em entradas nos cinemas em 2023

Dados do primeiro trimestre mostram retomada forte do setor

ROMA, 04 abril 2023, 09:21

Redação ANSA

ANSACheck

Cinemas italianos têm forte alta na demanda de clientes - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - As entradas nos cinemas italianos tiveram uma alta de 50,5% na comparação com o mesmo período do ano passado, mostram os dados divulgados pela Cinetel nesta terça-feira (4). Em números totais, foram 15,8 milhões de bilhetes vendidos com uma arrecadação total de 111,8 milhões de euros.

Os três filmes que mais arrecadaram foram "Avatar - O Caminho da Água", com 17 milhões de euros, "Creed III" (6,7 milhões) e "Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania" (5,9 milhões de euros).

Já o longa italiano "Me Contra Te - Il Film: Missione Giungla", de Gianluca Leuzzi, aparece na quarta colocação, tendo arrecadado 4,8 milhões de euros. Ao todo, as produções e coproduções nacionais juntas arrecadaram cerca de 35,4 milhões de euros, com cerca de 5,3 milhões de entradas vendidas - cerca de 33,5% do total de ingressos.

Segundo a Cinetel, empresa criada em parceria pela Associação Nacional das Indústrias Cinematográficas, Audiovisuais e Digitais (Anica) e pela Associação Nacional dos Operadores de Cinemas (Anec), os números confirmam que o mercado está em uma tendência de crescimento após os anos difíceis por conta das restrições sanitárias causadas pela pandemia de Covid-19.

A expectativa é que para os próximos meses haja grande procura tanto pelos filmes internacionais como os italianos nos cinemas.
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use