/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Damien Chazelle vai presidir júri do 80º Festival de Veneza

Diretor bateu recorde ao vencer Oscar com 'La La Land'

VENEZA, 05 maio 2023, 13:59

Redação ANSA

ANSACheck

Damien Chazelle é um dos cineastas mais celebrados da atualidade - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - O diretor americano Damien Chazelle, vencedor do Oscar com "La La Land", foi escolhido para presidir o júri da 80ª edição do Festival de Cinema de Veneza, que acontece entre os dias 30 de agosto e 9 de setembro.

O anúncio foi feito nesta sexta-feira (5) pela Bienal de Veneza, organizadora da mostra e que também confirmou a cineasta francesa Alice Diop e o diretor italiano Jonas Carpignano como presidentes dos júris do Prêmio Veneza Obra-Prima Luigi De Laurentiis e da seleção Horizontes, respectivamente.

"Estou lisonjeado e honrado por ser convidado a liderar o júri neste ano. Não vejo a hora de descobrir essa nova seleção de grandes filmes da 80ª Mostra Internacional de Cinema", disse Chazelle.

O diretor já abriu o festival duas vezes: em 2016, com "La La Land", e em 2018, com "O Primeiro Homem", que ganharam, respectivamente, seis e uma estatuetas no Oscar.

Em 2017, quando tinha apenas 32 anos, Chazelle tornou-se o mais jovem vencedor do Oscar de melhor direção, com "La La Land". (ANSA)

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Ou use