/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Livros antigos são salvos na Itália com ajuda da crioterapia

Obras estavam em locais afetados pelas chuvas na Emilia-Romagna

ROMA, 23 maio 2023, 14:32

Redação ANSA

ANSACheck

Forlì foi uma das mais afetadas pelas chuvas na Emilia-Romagna - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - Os livros e documentos antigos conservados na Biblioteca de Forlì e no arquivo da cidade de Sant'Agata, ambas afetadas pelas fortes enchentes que atingiram a Emilia-Romagna na última semana, serão preservados com a técnica da crioterapia com o auxílio de uma cooperativa de frutas congeladas local.

As duas instituições fizeram um apelo para conseguir conservar o material considerado "precioso e histórico" para o governo regional e receberam uma resposta positiva do grupo Orogel.

"De surpresa, recebi esse pedido dos Bens Culturais [da Emilia-Romagna] e voluntariamente vamos abrir espaço em nosso estabelecimento para os livros antigos da Biblioteca de Forlì, que sofreu inundações nos últimos dias. Ainda não recebemos as indicações de quantos livros serão, mas estamos programando separar duas células exclusivas para esse objetivo para os próximos dois anos - uma para a Sant'Agata e outro para Forlì", disse à ANSA o presidente da Orogel, Bruno Piraccini.

A fábrica é acostumada a lidar com conservação em baixas temperaturas, a cerca de -25ºC, de frutas, além de atuar com congelamento de pasta de frutas. Além disso, já faz esse tipo de trabalho em outra unidade, conservando obras literárias com crioterapia.
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Ou use