/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Exposição na Itália retrata os gladiadores além do mito

Mostra em cartaz na Sardenha acompanha lutadores fora das arenas

BARUMINI, 18 agosto 2023, 14:53

Redação ANSA

ANSACheck

Gladiadores são tema de exposição na Sardenha - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

O rosto por trás da máscara que esconde a ansiedade pelo combate, o coração que bate sob a armadura, uma série de guerreiros se prepara para descer à arena: os gladiadores, celebridades da época imperial, contados em seu contexto e dimensão humana, são os protagonistas da exposição "Gladiadores e Roma Antiga na Sardenha: mito, história e representação artística".

A mostra fica em cartaz até 31 de dezembro no Centro Giovanni Lilliu, de Barumini. O município no sul da Sardenha, famoso pelo sítio arqueológico reconhecido pela Unesco, joga luz sobre a antiga Roma, para enriquecer a oferta cultural da região.

"A exposição já atraiu 10 mil visitantes e planejamos confirmar os dados incluindo as visitas depois do verão", disse Emanuele Lilliu, presidente da Fundação Barumini.

Alguns dos destaques da exposição são as reproduções de afrescos do Domus de Pompeia, além de um vídeo contando a história do anfiteatro romano de Cagliari.

O eixo da mostra composto por uma centena de peças divididas em quatro seções: anfiteatros, armas e armaduras, a vida cotidiana e, por fim, a Sardenha romana, com 40 objetos, alguns deles inéditos, entre vasos, jarros e candelabros com efígies de gladiadores.

Há ainda capacetes, armas, cerâmica, conchas, bronzes, copos e garrafas de vidro, ferramentas para o bem-estar e cuidados com o corpo, além de lâmpadas de óleo com a imagem do gladiador posando.

"Eram produtos de comercialização de um negócio dirigido por verdadeiros empresários. Há três vitrines dedicadas à alimentação, vegetariana e a base de sopas de cereais e legumes, úteis para formar uma capa de gordura para proteger os órgãos vitais dos golpes. E uma dedicada ao cirurgião, com as ferramentas para cuidar e manter o guerreiro vivo", explicou Andreina Ghiani, da Fundação Barumini.

O itinerário expositivo, que se inspira em fontes literárias e epigráficas, evoca assim o cotidiano, os costumes, as lutas-espetáculos e também tenta captar, além da figura envolta em glória, o ser humano em sua fragilidade e o aspecto dramático de suas existências, privados de liberdade e oferecidos em arenas para o entretenimento popular.

O itinerário leva os visitantes a compartilhar a experiência, longe dos holofotes, imaginando emoções, medos e sofrimentos do homem além do mito.
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use