/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Festival de Veneza terá flash mob em apoio ao povo iraniano

Evento homenageará cineasta condenado à prisão

VENEZA, 25 agosto 2023, 10:27

Redação ANSA

ANSACheck

Festival de Veneza acontece entre agosto e setembro - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - A 80ª edição do Festival Internacional de Cinema de Veneza terá um flash mob em solidariedade ao povo iraniano, em homenagem ao cineasta Saeed Roustayi, condenado a seis meses de prisão no país após a projeção de seu filme, Leila's Brothers, no Festival de Cannes em 2022.

Segundo a organização do evento, a Bienal quer "renovar sua solidariedade aos homens e mulheres do povo iraniano que lutam por sua liberdade e contra a repressão, e aos cineastas e artistas presos".

Uma iniciativa semelhante também ocorreu na 79ª edição, em 2022, em homenagem a outro cineasta iraniano, Jafar Panahi.

Os atos têm sido organizados em colaboração com a Associação Democrática dos Iranianos de Veneza.

Cineastas, artistas e personalidades do mundo do cinema presentes no próximo dia 2 de setembro na ilha do Lido, onde ocorre o Festival, serão convidados a participar do ato no tapete vermelho do Palácio do Cinema com o objetivo de sensibilizar a mídia, os governos e as organizações humanitárias mundiais.

A data foi escolhida por ocasião da projeção do filme Tatami, de Guy Nattiv e Zar Amir Ebrahimi, colaboração entre um diretor israelense e uma atriz iraniana, na mostra competitiva paralela Horizontes.

A obra mostra o caso de uma jovem lutadora de judô que as autoridades iranianas tentam obrigar a deixar uma competição, por não poder combater contra uma atleta israelense.
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use