/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Filme italiano 'Io Capitano' é indicado ao Oscar

Longa de Matteo Garrone narra epopeia de imigrantes africanos

NOVA YORK, 29 janeiro 2024, 08:27

Redação ANSA

ANSACheck

Mostra del cinema di Venezia, 'Io, capitano ' - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - O longa "Io Capitano", do cineasta italiano Matteo Garrone, está entre os cinco finalistas do Oscar de melhor filme internacional em 2024.

Os indicados, escolhidos pelos membros da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas entre produções de 93 países, número recorde, foram anunciados nesta terça-feira (23), em Los Angeles.

Vencedor do Leão de Prata no último Festival de Veneza, "Io Capitano" narra a história dos irmãos Seydou (Seydou Sarr) e Moussa (Moustapha Fall), que empreendem uma aventura épica para deixar Dakar, no Senegal, em direção à Europa.

O tema retrata a longa crise migratória no Mar Mediterrâneo Central, rota que leva deslocados internacionais da África para o sul da União Europeia, especialmente a Itália, que recebeu 158 mil migrantes forçados por via marítima apenas em 2023.

O filme de Garrone disputará a estatueta de melhor produção internacional no Oscar com "Perfect Days" (Japão), de Wim Wenders, "A Sociedade da Neve" (Espanha), de Juan Antonio Bayona, "The Teachers' Lounge" (Alemanha), de Ilker Çatak, e "The Zone of Interest" (Reino Unido), de Jonathan Glazer.

A Itália é o país com mais vitórias nessa categoria do Oscar, cuja cerimônia está marcada para 10 de março.

''É uma grande satisfação e estamos felizes que a aventura continue, na esperança de que o filme e a história de Seydou sejam vistos por um número cada vez maior de espectadores em todo o mundo'', afirmou Garrone.

O ministro da Cultura da Itália, Gennaro Sangiuliano, declarou que "Io Capitano" é um filme "extraordinário". "Ele conta uma história de coragem e dignidade. Estou orgulhoso por ter sido apreciado pela Academia após o prestigiado reconhecimento do Leão de Prata", acrescentou.

Outras categorias

Como era de se esperar, "Oppenheimer", de Christopher Nolan, lidera em número de indicações, com 13, incluindo filme, direção, ator protagonista (Cillian Murphy), ator coadjuvante (Robert Downey Jr.) e atriz coadjuvante (Emily Blunt).

"Barbie", de Greta Gerwig, foi indicado oito vezes em sete categorias, incluindo melhor filme, atriz coadjuvante (America Ferrera) e ator coadjuvante (Ryan Gosling). A protagonista Margot Robbie ficou de fora.

Além de "Oppenheimer" e "Barbie", disputam a estatueta de melhor filme "American Fiction", de Cord Jefferson, "Anatomia de uma Queda", de Justine Triet, "Os Rejeitados", de Alexander Payne, "Assassinos da Lua das Flores", de Martin Scorsese, "Maestro", de Bradley Cooper, "Past Lives", de Celine Song, "Pobres Criaturas", de Yorgos Lanthimos, e "The Zone of Interest".

Já a categoria de melhor atriz protagonista reúne Annette Bening ("Nyad"), Lily Gladstone ("Assassinos da Lua das Flores"), Sandra Huller ("Anatomia de uma Queda"), Carey Mulligan ("Maestro") e Emma Stone ("Pobres Criaturas").

Entre os homens, Cillian Murphy desafia Bradley Cooper ("Maestro), Colman Domingo ("Rustin"), Paul Giamatti ("Os Rejeitados") e Jeffrey Wright ("American Fiction").

 Ainda concorrem à estatueta de melhor diretor Triet, Scorsese, Nolan, Lanthimos e Glazer. (ANSA)

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use