Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Conheça números, curiosidades e recordes do Festival de Sanremo

Nova edição do evento musical italiano começa nesta terça (6)

ROMA, 06 fevereiro 2024, 13:08

Redação ANSA

ANSACheck

>>>ANSA/ AMADEUS, IL MIO SANREMO LIBERO, PORTE APERTE AI TRATTORI - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - A final do Festival de Sanremo promete ser explosiva no próximo sábado (10), quando, pela primeira vez, o evento terá 30 cantores competindo.

Este será o quinto festival sob a direção artística de Amadeus, que também será recordista.

Ele alcançará os números de Mike Bongiorno, que conduziu o evento de 1963 a 1967; e de Pippo Baudo, de 1992 a 1996.

No entanto, alcançará a primazia no número de noites consecutivas, com 25 (ante 13 de Baudo e 11 de Bongiorno).

Outro destaque da edição é o número de 15 estreantes entre os 30 competidores.

Entre as músicas em competição, apenas nove são de artistas solo femininas.

Há 10 anos uma mulher não vence o festival – a última foi Arisa, em 2014, com Controvento. Apenas Victoria de Angelis, baixista do Maneskin, chegou a subir ao primeiro lugar do pódio quando a banda levou o prêmio em 2021.

Nas composições, uma música escrita por uma mulher não vence desde 2008, quando a campeã foi “Colpo di fulmine”, escrita por Gianna Nannini e interpretada por Giò Di Tonno e Lola Ponce.

Seis ex-vencedores de Sanremo tentarão repetir o feito: Diodato, Emma, Il Volo, Mahmood, Francesco Renga (este ano competindo em parceria com Nek) e o duo Ricchi e Poveri, formado por Angela Brambati e Angelo Sotgiu.

Ricchi e Poveri se apresentam pela primeira vez no Festival como uma dupla, depois das participações em trio com o falecido Franco Gatti e em quarteto com Marina Occhiena.

Ricchi e Poveri estão entre os veteranos do 74º Festival de Sanremo: entre os artistas em competição, são os mais antigos em absoluto e aqueles com mais participações, 13 incluindo esta, seguidos por Loredana Bertè, com 12, e Francesco Renga, que, embora mais jovem, possui 11, incluindo a participação como cantor da banda Timoria.

O recorde de 15 participações é detido, empatado, por Peppino di Capri, Al Bano, Anna Oxa, Toto Cutugno e Milva.

Claudio Villa e Domenico Modugno são recordistas de vitórias, com quatro cada.

Entre os artistas em competição este ano, destaca-se Mahmood, vencedor do festival duas vezes (sozinho com “Soldi” e em parceria com Blanco com “Brividi”).

Três dos cinco coapresentadores de Amadeus (Giorgia, Fiorello e Lorella Cuccarini) se encontrarão novamente em Sanremo após terem competido todos os três em 1995, com o Pippo Baudo no comando.

 
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Ou use

Último momento

404 Not Found

404 Not Found


nginx