Receitas turísticas da Itália aumentam em virtude da Páscoa

Estudo apontou que crescimento foi de 8% em comparação com 2023

País registrou a maior incidência de reservas antecipadas nos últimos quatro anos (foto: ANSA)
País registrou a maior incidência de reservas antecipadas nos últimos quatro anos (foto: ANSA)

(ANSA) - Uma pesquisa elaborada pelo observatório Astoi Confidustria Viaggi apontou que as receitas turísticas da Itália aumentaram em virtude da Páscoa e dos próximos feriados prolongados.

O levantamento afirmou que o país registrou a maior incidência de reservas antecipadas nos últimos quatro anos, além de o setor ter conseguido um crescimento de 8% nas receitas em comparação com o mesmo período do ano passado.

O número de turistas em território italiano poderia ser até maior nesta época, mas os conflitos ao redor do planeta e a inflação impediram a chegada de mais viajantes.

As regiões montanhosas da Itália registraram bons índices no estudo, assim como destinos na Irlanda, Islândia e Portugal.

Outro setor que teve um aumento neste período foi o de cruzeiros.

"As reservas para o período da Páscoa e dos fins de semana prolongados da primavera tiveram um crescimento de receita de 8%. Quase todos os destinos envolvidos mostram uma tendência positiva. O turismo organizado regista um crescimento percentual superior ao turismo em geral, sinal de que é finalmente escolhido pelos consumidores pelos valores insubstituíveis que o caracterizam", explicou Pier Ezhaya, presidente da associação. (ANSA).