/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Engineering anuncia apoio a projeto de preservação da Amazônia

Membros da iniciativa chegaram a se reunir com o Papa

SÃO PAULO, 24 julho 2023, 15:22

Redação ANSA

ANSACheck

Engineering reforça posicionamento Think Green (Foto: Vatican News)

(ANSA) - A Engineering Brasil, filial do grupo italiano Engineering, anunciou seu apoio a um projeto dedicado ao acompanhamento da preservação da Floresta Amazônica por meio de dança e capoeira.

A iniciativa "Amazônia: o espaço da vida na Terra" está alinhada com a agenda ESG da companhia e reforça seu compromisso com a responsabilidade socioambiental e a proteção das comunidades tradicionais.

"Ao abraçar e patrocinar o projeto, reforçamos nosso compromisso com os pilares social e ambiental da agenda ESG, além de fomentar nosso posicionamento global Think Green", afirma Filippo Di Cesare, CEO Latam da Engineering.

De acordo com o executivo, a companhia busca "um futuro mais equilibrado e harmonioso" para o planeta e enxerga no projeto "uma forma de aproximar nossas preocupações com as comunidades que realmente fazem a diferença".

Originária de Santa Rita, na Paraíba, a iniciativa é idealizada e liderada pelo coreógrafo Rodrigo Baima e tem como objetivo promover a conscientização e valorização da Amazônia, bem como dos povos indígenas.

O projeto, que conta com o apoio da Cefec, organização que acolhe mais de 600 crianças e jovens, tem ganhado destaque internacional. Após se transformar em um espetáculo, conquistou reconhecimento mundial ao se apresentar no Festival de Cannes, na França, além de comparecer na audiência geral do papa Francisco, no Vaticano.

O encontro com o pontífice simbolizou o apoio e o reconhecimento da importância da preservação da Amazônia e do respeito aos povos indígenas, e Baima e sua equipe tiveram a oportunidade de entregar um cocar azul, símbolo da luta pela proteção da floresta, ao Papa.

"É com muito orgulho que estamos presenciando o crescente reconhecimento do projeto, conquistando inclusive a oportunidade de representar o Brasil em um encontro com o papa Francisco", conclui Di Cesare.

O projeto também terá sua trajetória registrada em um documentário, com previsão de lançamento para o início de 2024. A obra será dirigida pela produtora e ativista Lia Beltrami e terá Baima como protagonista.
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use