Fiat 500 é lançado em edição limitada 'Collezione 1957'

Apenas 1975 unidades serão feitas, com inspiração na Dolce Vita

Fiat 500 em edição de colecionador (Foto: Divulgação/Stellantis) (foto: ANSA)
Fiat 500 em edição de colecionador (Foto: Divulgação/Stellantis) (foto: ANSA)

(ANSA) - Icônico por definição, o Fiat 500 na exclusiva edição Collezione 1957 busca se tornar um objeto de desejo para colecionadores ao redor do mundo.

Serão produzidas apenas 1957 unidades, em referência ao ano de estreia do modelo, e serão vendidas apenas em alguns países europeus e no Japão.

Inspirado no estilo Dolce Vita, o mais recente lançamento em Turim é reconhecido à primeira vista pelo estilo e é identificado por uma placa numerada.

Baseado no modelo 500 Cabrio, o exclusivo “Cinquino” ostenta uma carroceria bicolor branca e verde, com capota bege, "linha de beleza" prateada e rodas de liga leve de 16 polegadas brancas diamantadas.

Em termos de estilo, destacam-se os espelhos retrovisores cromados e a terceira luz com serigrafia comemorativa.

Os assentos em cor marfim apresentam inserções em couro Frau e o logotipo "One of 1957" bordado. Completando o conjunto, há um painel de madeira e uma placa no túnel central.

O rico equipamento de série inclui detalhes cromados, display digital TFT colorido de 7 polegadas, sistema de infoentretenimento com conexão, faróis diurnos de LED e faróis de neblina.

Por ocasião da apresentação da edição limitada, enfatizou-se: "Três gerações em 67 anos, começando pela primeira de 1957, que se tornou um ícone da mobilidade e da liberdade de movimento italiana”.

“Em 2007, a segunda geração: o Fiat 500 evoluiu para um ícone de moda e estilo, levando a elegância italiana ao mundo; recebeu centenas de prêmios internacionais, incluindo o prêmio "Carro do Ano" em 2008, e foi protagonista nas estradas de 80 países diferentes. Em 2020, a terceira geração do Fiat 500 revolucionou mais uma vez a mobilidade urbana, com foco na sustentabilidade e eletrificação, com suas inovações e tecnologias".(ANSA).