Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Çalhanoglu diz que não trocou Milan pela Inter por dinheiro

Meio-campista turco afirmou que o amor é 'mais importante'

MILÃO, 04 janeiro 2024, 11:47

Redação ANSA

ANSACheck

Meio-campista é uma peça importante para a equipe liderada por Simone Inzaghi - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - O meio-campista Hakan Çalhanoglu, da Internazionale, afirmou nesta quinta-feira (4) que recusou ofertas da Arábia Saudita, além de ter negado que deixou o Milan por dinheiro.

Peça importante para o técnico Simone Inzaghi, o jogador turco chamou atenção na Itália quando decidiu trocar os rossoneri pelos nerazzurri em 2021. O meia é até hoje extremamente hostilizado por torcedores milanistas.

"Todos acreditam que deixei o Milan por dinheiro, mas ele não é tudo. Para mim, sentir amor é mais importante, e é isso que estou recebendo dos interistas. Isso é algo que ficará para sempre no meu coração", disse Çalhanoglu em entrevista ao Sportmediaset.

A relação entre atleta e Milan acabou abruptamente em 2021, quando foi contratado pela Inter, então campeã italiana. Na sua temporada de estreia, o turco viu sua antiga equipe vencer o Scudetto e acabou sendo hostilizado pelos fãs milanista, que chegaram a queimar camisas de Çalhanoglu.

"Desejo o melhor para eles, mas com paciência veremos", disse o meio-campista sobre a possibilidade de vencer a liga italiana pela Inter.

O camisa número 20, que já levantou quatro troféus pelos nerazzurri, sendo um deles em cima do Milan, revelou ter recusado uma proposta do futebol saudita para ficar no San Siro.

"Sim, é verdade. Decidi não ir porque adoro a Internazionale. Eu tenho um papel importante aqui e sou grato ao clube por me fazer crescer", concluiu.

Na atual edição da Série A da Itália, Çalhanoglu disputou todas as 18 rodadas e já balançou as redes oito vezes, além de ter dado três assistências para seus companheiros de equipe. 
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use

Último momento

404 Not Found

404 Not Found


nginx