/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Lula chega aos EUA para encontro com Joe Biden

Petista se reunirá com democrata na Casa Branca nesta sexta

SÃO PAULO, 09 fevereiro 2023, 19:38

Redação ANSA

ANSACheck

Lula se reunirá com Biden nesta sexta © ANSA/EPA

(ANSA) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou na tarde desta quinta-feira (9) nos Estados Unidos para se reunir com seu homólogo norte-americano, Joe Biden.

O petista desembarcou por volta das 18h48 (horário de Brasília) e seguiu direto à Blair House, onde ficará hospedado com sua comitiva.

De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, o encontro entre os dois líderes será na tarde desta sexta-feira (10) na Casa Branca, em Washington.

Hoje cedo, antes de embarcar, Lula publicou uma mensagem em suas redes sociais para ressaltar que deseja "construir relações de parceria e crescimento" com os Estados Unidos.

"Bom dia. Hoje embarco aos EUA, onde me reunirei com o presidente Joe Biden na Casa Branca. Queremos construir relações de parceria e crescimento entre nossos países, pelo desenvolvimento da nossa região, debater ações pela paz no mundo e contra as fake news", escreveu.

O encontro entre Lula e Biden será carregado de simbolismos, tendo em vista que ambos derrotaram nas urnas seus adversários políticos que acenavam com a extrema-direita, Jair Bolsonaro e Donald Trump, respectivamente.

Com esta viagem internacional, Lula visita seu terceiro país desde que tomou posse, em 1º de janeiro. Até agora, ele já passou por Buenos Aires, na Argentina, e Montevidéu, no Uruguai.

A expectativa é de que o brasileiro também vá para China e Portugal nos próximos meses.
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use