/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Governador italiano inicia missão de 4 dias na Argentina

Agenda prevê encontros políticos, econômicos, sociais e culturais

BUENOS AIRES, 08 maio 2023, 18:47

Redação ANSA

ANSACheck

Stefano Bonaccini (segundo da esquerda à direita) em visita a Buenos Aires - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - O governador da região italiana da Emilia-Romagna, Stefano Bonaccini, desembarcou no domingo (7) em Buenos Aires, capital da Argentina, para uma visita de quatro dias.

A agenda prevê uma série de encontros políticos, econômicos, sociais e culturais e começou com uma reunião com a comunidade da Emilia-Romagna no país.

"A Itália é parte da história da Argentina, onde vive a maior comunidade de italianos no exterior. Isso nos impulsionou a voltar para pensar e propor novas iniciativas", declarou Bonaccini ao fim de um almoço em Buenos Aires, lembrando que esteve pela primeira vez no país em 2016.

"Vou me reunir com empresas da Emilia-Romagna e italianas, a câmara de comércio e universidades. Viemos com representantes de três das quatro universidades da região", acrescentou o governador.

Uma das propostas de Bonaccini é celebrar uma "semana da cozinha romagnola" na Argentina em 2024. "Não seria apenas um evento gastronômico, mas também uma oportunidade para potencializar e fortalecer os laços culturais entre ambos os países", disse.

O governador ainda lembrou que a Emilia-Romagna responde por 15% das exportações italianas na Argentina e é a região da Itália "que tem mais relações com o mundo". (ANSA)

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use