/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Filha de Berlusconi nega envolvimento em escândalo de ex de Meloni

As emissoras envolvidas no episódio são da família do ex-premiê

ROMA, 25 outubro 2023, 13:57

Redação ANSA

ANSACheck

Marina Berlusconi, filha do ex-premiê da Itália Silvio Berlusconi - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - Marina Berlusconi, filha do ex-premiê da Itália Silvio Berlusconi, negou nesta quarta-feira (25) que tenha tido qualquer papel no vazamento dos vídeos com frases sexistas que culminaram na separação da primeira-ministra Giorgia Meloni e do jornalista e apresentador Andrea Giambruno.

"Li e ouvi de tudo nos últimos dias: bastidores inventados, reconstruções totalmente privadas de sentido lógico e até contraditórias. A única verdade é que tenho muita estima por Giorgia Meloni. Ela é capaz, coerente, concreta", disse Marina, presidente da Fininvest, holding que controla as empresas da família Berlusconi, incluindo os canais de TV da rede Mediaset.

"Aprecio Meloni no plano político e também como mulher, ainda mais nos últimos dias", acrescentou a executiva.

Na semana passada, o programa de humor "Striscia la Notizia", da emissora Canale 5, divulgou vídeos que mostram frases sexistas ditas por Giambruno fora do ar no estúdio de sua atração na televisão, o "Diario del Giorno", transmitido pelo canal Rete 4. As duas emissoras são de propriedade da Mediaset.

Nas gravações, Giambruno aparece perguntando para uma colega se ele poderia por a mão na própria genitália enquanto falava com ela e afirmando que tinha um caso com outra mulher. "Todos na Mediaset sabem. Mas estamos buscando uma terceira participante, vamos fazer um threesome [relação a três], talvez um foursome [relação a quatro]", disse o jornalista na ocasião.

No dia seguinte, Meloni anunciou o fim do relacionamento com Giambruno, pai de sua única filha, Ginevra, de sete anos. Os dois não eram casados no papel.

Após a separação, o jornalista também deixou o time de apresentadores do "Diario del Giorgno" e se tornou alvo de um procedimento disciplinar na ordem dos jornalistas da Itália. (ANSA)

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use