Oposição protesta contra governo Meloni em mobilização em Roma

Iniciativa foi convocada pelo PD desde o mês passado

Protesto foi convocado pelo Partido Democrático (foto: ANSA)
Protesto foi convocado pelo Partido Democrático (foto: ANSA)

(ANSA) - Ao menos 50 mil pessoas participam neste sábado (11) de uma manifestação antigovernamental em Roma, capital da Itália, convocada pela principal legenda de oposição ao governo da premiê Giorgia Meloni.

A mobilização foi anunciada no mês passado pela líder do Partido Democrático (PD), Elly Schlein, para protestar pela "urgência de construir uma alternativa a esta direita".

O governo de Meloni tem o PD como seu maior partido de oposição, cujo objetivo é se unir ao populista Movimento 5 estrelas (M5S) e aos partidos centristas para criar uma alternativa no cenário político.

Na manifestação na Piazza del Popolo, que foi batizada de "Para um futuro mais justo, existe uma alternativa", Schlein enfatizou que "esta é uma praça maravilhosa, basta ver quantas pessoas participaram, a alternativa está aqui em volta de nós".

Hoje, o ex-primeiro-ministro e líder do M5S, Giuseppe Conte, confirmou seu desejo de dialogar com o PD, não pela aliança estrutural de “campo amplo” que a legenda deseja, mas sim por um “campo certo”.

“Sou a favor do campo certo e não do campo amplo”, reiterou Conte durante o ato.

“Estamos aqui hoje para confirmar o diálogo que já iniciamos com o PD e para confirmar toda a nossa dissidência forte às políticas do governo, a começar pelo orçamento, que é um desastre para o país, nada mesmo, só mortificação”. (ANSA)