Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Governo da Itália propõe multa a aluno que agredir professor

Proposta foi apresentada como emenda a projeto de lei

ROMA, 29 fevereiro 2024, 18:10

Redação ANSA

ANSACheck

Ideia pode ser votada no Senado - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - Os estudantes italianos que agredirem um professor, um diretor escolar ou um membro do pessoal administrativo da escola correm o risco de receber uma multa de 500 a 10 mil euros.

A medida está prevista em uma emenda apresentada pelo governo no Senado, na comissão de Cultura, a um projeto de lei sobre a avaliação do comportamento dos estudantes.

O texto prevê que, em caso de condenação por crimes contra o pessoal escolar no contexto ou em decorrência de suas funções, "será sempre ordenado" além do pagamento dos danos, o pagamento de "uma quantia de 500 a 10 mil euros" como "reparação pecuniária" para "a instituição escolar à qual a pessoa ofendida pertence".

O prazo para a apresentação de subemendas à proposta de alteração na comissão foi fixado para a próximo terça-feira (5).


   
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Ou use

Último momento

404 Not Found

404 Not Found


nginx