/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Brasil defende 'entendimento' entre Irã e Israel, diz chanceler

BRASÍLIA, 15 abril 2024, 16:56

Redação ANSA

ANSACheck

Mauro Vieira se reuniu com sua homóloga argentina © ANSA/EPA

(ANSA) - O ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, afirmou nesta segunda-feira (15), ao lado de sua homóloga argentina, Diana Mondino, que o governo brasileiro defende o entendimento entre o Irã e Israel e repudia todo ato de violência no conflito do Oriente Médio.

"Nós manifestamos o temor de que o início da operação pudesse contaminar outros países. Não tínhamos clara a extensão e o alcance das medidas tomadas", declarou o chanceler no Palácio do Planalto.

Vieira enfatizou ainda que "o Brasil condena sempre qualquer ato de violência e conclama sempre o entendimento entre as partes". 

Musk

Mondino também afirmou, no Palácio do Itamaraty, em Brasília, que o governo do presidente Javier Milei não vai se envolver na polêmica entre o bilionário Elon Musk, proprietário da rede social X (antigo Twitter), e o Judiciário brasileiro.

"Os temas internos e judiciais de cada país são próprios de cada país, o governo argentino jamais vai interferir nos processos democráticos ou nos processos judiciais de cada país", afirmou Mondino, ao lado do chanceler brasileiro.

A representante do governo argentino destacou ainda que confia "na Justiça de cada país, nós defendemos a liberdade de expressão" em um senso amplo.

Na semana passada, Milei teve um encontro com Musk, nos Estado Unidos, onde propôs atuar como um facilitador do diálogo entre o magnata e as autoridades brasileiras.

Milei e Lula

Outro assunto abordado por Mondino foi da possibilidade de um encontro entre Milei e o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A ministra garantiu que existe a possibilidade de a reunião ser organizada em um futuro próximo.

"A possibilidade de um encontro entre Milei e Lula está sempre presente, devemos levar em conta que a agenda internacional de ambos é complexa, mas esperamos que possa acontecer", afirmou a diplomata.

Vaca Muerta

Já sobre a reserva de Vaca Muerta, localizada em território argentino, Vieira destacou que o Brasil tem o interesse de importar gás natural da região, que fica em Neuquén.

"Discutimos as perspectivas de cooperação energética com a construção do gasoduto em Vaca Muerta, em Neuquén, que ocorre em várias etapas. De um lado a possibilidade de exportação de insumos brasileiros para a construção, bem como o fortalecimento da segurança energética nacional e regional, mediante a possibilidade de importação de gás da Argentina", analisou o chanceler.

Mondino, por sua vez, destacou que o tema é de "grande complexidade", mas que está "avançando" aos poucos. 

"Temos cada vez melhores resultados em Vaca Muerta por causa dos avanços tecnológicos. Há interesse mútuo, já que a capacidade de produção argentina pode satisfazer nossas necessidades e as do Brasil", completou.

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use