Cientista italiano descobre que células tumorais 'se disfarçam'

Imitações de neurônios saudáveis evitam ataques imunológicos

Pesquisa ocorreu nos EUA  (foto: ANSA)
Pesquisa ocorreu nos EUA (foto: ANSA)

(ANSA) - Células de tumores cerebrais são como “camaleões”, capazes de imitar neurônios saudáveis para evitar ataques do sistema imunológico.

A conclusão é de um estudo liderado pelo cientista italiano Antonio Iavarone, vice-diretor do Sylvester Comprehensive Cancer Center da Miami University Medical School, nos Estados Unidos.

Os estudiosos descobriram o “truque” avaliando um dos tipos mais agressivos e intratáveis de tumores cerebrais, o glioblastoma.

A descoberta, publicada no periódico Cancer Cell, também é resultado de uma combinação entre o maior banco de dados existente, e uma análise com inteligência artificial.

O achado também pode ser potencialmente útil para outras formas de câncer.

“Nossa descoberta foi possível graças a uma abordagem única no estudo do glioblastoma”, disse Iavarone.

A análise, que também contou com a participação do Centro Nacional de Pesquisa sobre Câncer da Coreia do Sul, avaliou pela primeira vez a coleção completa de proteínas (o proteoma) em uma série de casos de glioblastoma, com amostras retiradas de pacientes após o diagnóstico e após o retorno do tumor.

As alterações causadas pela presença de enzimas nas proteínas também foram verificadas.

A abordagem, para Iavarone, “oferece um panorama das possíveis alterações de tumores em um nível individual, o que é impossível de obter apenas com análise genética”.

 (ANSA).