Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Basilicata, onde a arte está escondida nos vilarejos

Volume elaborado por Scarcia é promovido pela Região e pela APT

POTENZA, 24 janeiro 2024, 08:54

Redação ANSA

ANSACheck

Capa de livro sobre segredos da Basilicata - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - Um volume desejado pela Região da Basilicata e pela APT "conta a arte oculta das aldeias lucanas": a pesquisa, com curadoria de Gabriele Scarcia, "visa apresentar aos viajantes o tesouro artístico mais escondido guardado nos vilarejos lucanos".

Chama-se "Basilicata. Curiosità d'arte attraversando i borghi lucani" o novo livro editado pelo jornalista e crítico de arte Gabriele Scarcia e promovido pela Região da Basilicata e pela APT "para contar não somente aos viajantes, mas também aos lucanos, alguns dos muitos caminhos artísticos que atravessam os pequenos municípios da região".

Segundo comunicado da APT, trata-se de "uma viagem para descobrir obras de arte ditas 'menores', mas que, em vez disso, representam histórias igualmente importantes de muitas pequenas comunidades, muitas vezes mantidas à margem da cultura oficial".

"A Basilicata mostra-se sem véus, como em uma vitrine, pronta a expor, através de imagens cativantes, o seu tesouro artístico mais escondido, isto é, aquele guardado nas igrejas, nos museus diocesanos, nos edifícios municipais, nos claustros dos conventos", diz a nota.

"Atravessamos dezenas de aldeias divididas em cinco longos caminhos temáticos. Passamos assim do crucifixo de madeira do século 17 que chegou da Sicília a Stigliano e ao qual é atribuído o milagre de ter libertado a cidade da peste em 1656, ao relicário de Sant'Eufemia conservado em Irsina, à Pietà do século 15 mantida em Melfi. Cinco itinerários temáticos envolvendo um total de 25 municípios e aos quais se somam muitos outros mencionados devido a curiosidades originais. Na verdade, o aspecto que faz essa publicação ser ainda mais interessante é que a descoberta das obras de arte é acompanhada de páginas de aprofundamentos históricos, curiosidades, lendas que intrigam ainda mais o viajante", diz o texto. (ANSA)

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Ou use

Último momento

404 Not Found

404 Not Found


nginx