/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Trump chega a NY para se apresentar à justiça em caso de suborno

Republicano virou réu por acusação de suborno a atriz pornô

NOVA YORK, 03 abril 2023, 18:51

Redação ANSA

ANSACheck

Trump participará de audiência nesta terça © ANSA/EPA

(ANSA) - O ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump chegou na tarde desta segunda-feira (3) em Nova York para se apresentar amanhã à Justiça, após ser indiciado formalmente pelo grande júri de Manhattan no caso envolvendo a estrela pornô Stormy Daniels.

O avião que transportava o magnata pousou no aeroporto de La Guardia pouco depois das 15h25 (horário local). Na sequência, ele foi para a Trump Tower, na 5ª Avenida, onde passará a noite. A área foi blindada pela polícia e é sobrevoada por alguns helicópteros.

Trump participará da histórica audiência sobre um suposto esquema de pagamento de suborno envolvendo Daniels durante a campanha eleitoral à Presidência em 2016. Ele é o primeiro ex-presidente americano a virar réu por causa de uma investigação criminal.

A denúncia alega que, nas semanas anteriores às eleições de 2016, Trump subornou Daniels com US$130 mil para que a atriz permanecesse em silêncio sobre um suposto relacionamento extraconjugal entre os dois.

O suposto affair entre Trump e Daniels foi revelado pelo diário The Wall Street Journal, que citou o pagamento. O dinheiro foi justificado como honorário advocatício para um dos advogados do magnata. O caso entre os dois teria começado pouco tempo depois de Melania ter tido o filho mais novo do casal, Barron.

Trump, por sua vez, sempre negou a relação, mesmo após seu ex-advogado Michael Cohen ter se declarado culpado de oito acusações, incluindo um suborno para comprar o silêncio da atriz.

Hoje, a defesa de Trump expressou ao juiz Juan Merchan sua oposição às câmeras no tribunal de Manhattan, segundo a CNN. Em carta, os advogados explicaram que "as câmeras no tribunal criariam uma atmosfera de circo, representariam problemas de segurança e estariam em contradição com a presunção de inocência do presidente Trump".

Por sua vez, a promotoria distrital de Manhattan disse que cabe ao juiz decidir se autoriza ou não as câmeras.
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Ou use