Homem é morto em ataque de rottweilers em parque na Itália

Cachorros teriam fugido de uma casa nos arredores

Policiais em parque onde homem foi atacado por rottweilers em Manziana, perto de Roma (foto: ANSA)
Policiais em parque onde homem foi atacado por rottweilers em Manziana, perto de Roma (foto: ANSA)

(ANSA) - Um homem foi morto ao ser atacado por cães da raça rottweiler enquanto corria perto de um parque nos arredores de Roma.

Paolo Pasqualini, 39 anos, foi encontrado caído no chão na manhã do último domingo (11) e apresentava marcas profundas de mordidas no rosto e no restante do corpo, sobretudo nos braços.

A polícia suspeita que os cachorros tenham escapado de uma residência nos arredores do parque de Manziana, cidade de 5,7 mil habitantes na província de Roma.

Os três rottweilers foram capturados e sedados duas horas depois do ataque, após uma intensa busca feita pelas forças de segurança e guardas florestais.

Os proprietários dos cães - um casal - também foram encontrados e disseram estar "chocados" com o incidente, mas arriscam ser processados por omissão de custódia ou até homicídio culposo. Um homem que passava pelo parque no momento do ataque tentou afastar os cachorros com um bastão, mas teve de se esconder dentro de um carro para escapar das mordidas e acionou o socorro.

"Uma profunda tragédia atingiu nossa cidade", disse o prefeito de Manziana, Alessio Telloni, no Facebook. "A administração se une à consternação pelo episódio", acrescentou. (ANSA)